Kota Pegada: Junior- Marrocos (2013)

marrocos

A minha odisseia já começou há quase três anos, entre tournés e palcos. Em muitos momentos na estrada, ao olhar pela janela da carrinha ou do avião, dava por mim a pensar na ideia de viajar de novo sozinho, de fugir do hemisfério Norte em Dezembro, para ir respirar ou inspirar-me em outras culturas.

Com mais outro aventureiro da minha casta, já começava a deixar de fazer sentido quando, junto a mim, se ergue uma família de três crianças reluzentes e uma companheira e progenitora mágica, que em todos os Verões me esperaram durante muitas ausências de cariz profissional. 

Gostava de viver as belas experiências de uma viagem, mas com a minha família…estava um pouco farto de o viver sempre só eu e trazer as minhas vivências em forma de história contada ao jantar. 

Seria então o facto de ter gerado família uma castração para o meu ser itinerante? 

Eu e a minha companheira chegámos à conclusão que não. Pelo contrário, era a altura certa para o fazer. 

Com uma autocaravana que já tínhamos há algum tempo, começámos a juntar notas e moedas e fizemo-nos à estrada numa Volkswagen LT35 (a autocaravana) com uma princesa de 10 anos,um duende de 5 anos e uma estrelita de 9 meses. 

Pode parecer loucura à primeira vista …mas chegamos à conclusão de que loucura seria continuar parado, sendo calculista e esperando pela altura mais adequada a todos/as. 

Sem grandes planeamentos a nível de itinerário começámos a nossa viagem no Porto e fomos descendo passando pelas Beiras até á Figueira da Foz,deslizámos até Sintra, Lisboa, Caparica, Meco, Lagoa Stº André (o verdadeiro ponto de partida), S.Torpes, Vila Nova de Mil Fontes, S.Teotónio, Aljezur, Barão de S. João, Praia do Barranco, Loulé, Manta Rota. Entrámos em Espanha pela Andaluzia, passando por Sevilla, Zahara de los Atunes, Bolonia, Algeciras e CATRAPUMBA!!!! Já estávamos em África. 

Esta aventura em família já conta com quase quatro meses de reencontros com amigos e amigas, novas experiências e conhecimentos. Muito sol, chuva, vento, neve, fogueiras, céus nocturnos repletos de constelações, animais selvagens, pratos tradicionais, muitas brincadeiras, composições musicais em família,etc. Mas acima de tudo, a experiência de saborear um presente sempre adocicado por um futuro inesperado. 

Estamos agora em Marrocos no médio Atlas e continuaremos a descer até ao deserto do Sahara …Inch Allah!

2012 marca o início de uma nova etapa na humanidade e por consequência um novo período de transformação em todos nós, esta viagem em família é para mim o reflexo disso mesmo. 

Levo comigo um mini estúdio para poder conectar-me musicalmente com a realidade que se vai desenhando em meu redor. Mantenham-se ligados pois vão surgir novidades. 

Até já…..

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s